Verticalização na Pecuária

Um dos modelos de realizar uma organização empresarial, seria essa só mais uma moda ou o novo jeito eficaz de produzir carne no país?


Você já deve ter ouvido falar na expressão “verticalização”, certo?

Neste artigo vamos abordar um pouco sobre o tema, a diferença entre verticalização na pecuária e verticalização da cadeia da carne e algumas vantagens e desvantagens deste modelo de negócios que está se tornando cada dia mais popular. Espero que curta o conteúdo e comente com sua opinião!

O que é?

Verticalização é uma metodologia empresarial que centraliza a cadeia de produção.

Verticalização na pecuária

A verticalização na produção é a estratégia em que a empresa (fazenda) produz internamente tudo o que puder, diminuindo a dependência de terceiros o máximo possível. Esse modelo foi predominantemente utilizado no início do século XX, quando as grandes empresas produziam tudo o que usavam em seus processos. Nesse tipo de gestão, toda a produção é de inteira responsabilidade da própria empresa.

Verticalização na cadeia da carne

Diferentemente da horizontalização e da verticalização na produção, a cadeia verticalizada realiza desde a produção da matéria-prima até a distribuição dos produtos, ou seja, da concepção do bezerro à comercialização lá na ponta.

Há um tempo que abordamos este tema no TC dada à grande procura pelo modelo a partir dos pecuaristas e dos empresários do varejo.

Vamos trazer a seguir algumas vantagens e desvantagens deste modelo:

Vantagens da verticalização

1. Maior controle sobre a cadeia produtiva

Ao realizar a verticalização da produção, é possível ter controle completo interno sobre a cadeia produtiva. Dessa forma, é possível administrar melhor o volume de produção e identificar gargalos no sistema.

2. Controle do estoque

Em um sistema verticalizado, a companhia armazena todos os seus produtos e matérias-primas. Dessa forma é possível ter:

  • Maior visibilidade de todos produtos armazenados;
  • Enxergar ineficiências;
  • Dar vazão a estoque antigo através de ações promocionais.

Uma das maneiras de realizar a organização física do estoque é através da verticalização de estoque. Esta é uma forma eficiente de aumentar o aproveitamento da área de armazenamento e pode ser utilizada nas organizações verticalizadas.

3. Independência de terceiros

Por realizar tudo internamente, a verticalização nas empresas não depende do envolvimento de outros stakeholders para realização das atividades. Dessa forma, a instituição consegue ter mais segurança sobre qualquer tipo de prazo relativo à entrega de produtos aos seus clientes.

Com maior compromisso relativo às entregas, ocorre um aumento do grau de confiabilidade dos consumidores, o que pode acarretar um acréscimo no faturamento da companhia.

Além disso, a empresa tem:

Maior autonomia em relação ao que está sendo produzido e vendido.

Facilidade de domínio sobre a produção com o uso de tecnologia própria.

Apesar destas vantagens, nem tudo são flores e este é um processo que também tem seus pontos de atenção que não devem ser ignorados e que podem inclusive inviabilizar a transformação. Entre eles podemos destacar:

Desvantagens da Verticalização

1. Diminuição da qualidade do produto

Ao centralizar a maior parte da cadeia produtiva da empresa, é necessário realizar a gestão de várias tarefas diferentes. Pelo seu grau de diferenciação, torna-se difícil a especialização em diversos setores, o que pode causar uma diminuição na qualidade do produto.

Este aqui é o grande perigo! Vejo produtores se verticalizando e apanhando na execução dos processos dos quais não dominam, comprometendo a qualidade do produto e, consequentemente, a experiência do cliente. Assim como a produção porteira para dentro, o varejo é um mundo à parte e não perdoa amadorismos...

2. Aumento da estrutura da empresa

Caso a organização decida realizar a verticalização empresarial, o esperado é que seja preciso aumentar sua estrutura. Além de investimento em CAPEX, possivelmente será necessária a contratação de novas pessoas para gestão e operação desses ativos adquiridos. 

3. Necessidade de capital de terceiros

Como o investimento no crescimento de sua estrutura pode ser significativo, é possível que a empresa não tenha recursos próprios para arcar com essas necessidades. Assim, seria preciso buscar financiamento empresarial para sua expansão, o que demanda planejamento financeiro extra e implica em gastos com juros.

Caso os ganhos no resultado após a verticalização não compensem o custo do capital externo, a instituição terá que arcar com um peso maior nas suas obrigações financeiras, por conta desses empréstimos de terceiros.

Análise de viabilidade da verticalização

Depois da análise das vantagens e desvantagens, o empresário deve realizar um estudo e verificar a viabilidade da implementação da verticalização. Para isso, deve-se entender em sua estrutura organizacional quais áreas podem se beneficiar desse tipo de estratégia.

A decisão de adotar novos modelos de negócios depende de uma série de fatores como o produto da propriedade, os objetivos de crescimento e, é claro, a capacidade de inovação de cada empresa ou fazenda.

Ao acompanhar alguns modelos ao longo dos anos, nossa recomendação é que você fique melhor naquilo que já é bom e faça alianças de sucesso com parceiros interessados em crescer com consistência. Às vezes, a vontade de abraçar o mundo sobrepõe a vontade de fortalecer o ecossistema o que impede que o empresário veja as oportunidades existentes em caminhar com quem busca trilhar o mesmo caminho, num sistema de ganha-ganha-ganha. 

Estamos vivendo um momento de economia colaborativa, onde cada um contribui com sua fortaleza e os negócios são realizados com mais eficiência, poupando importantes recursos - humanos, ambientais e financeiros.

Caso queira conhecer cases de sucesso neste modelo, assista nossa mesa redonda Pecuarista x Varejista, realizada em agosto de 2020.

O mercado da carne brasileiro é enorme, com ilimitadas oportunidades de melhoria e crescimento. Mas antes disso tudo, você precisa conseguir responder às perguntas: “pra onde você quer ir e aonde pretende chegar?”

Só assim vai ter dimensão dos esforços que está disposto a aplicar, afim de um negócio sustentável, lucrativo e consciente.

Continue contando com o TC para alçar vôos cada vez mais altos!

Fontes consultadas: https://pastoextraordinario.com.br/verticalizacao-na-producao-como-ela-pode-melhorar-os-seus-negocios/

https://www.sunoresearch.com.br/artigos/verticalizacao/

https://www.portaldbo.com.br/estudo-discute-verticalizacao-na-pecuaria-de-corte-para-garantir-a-origem-sustentavel-do-gado/#:~:text=A%20verticaliza%C3%A7%C3%A3o%20do%20sistema%20de,de%20regi%C3%B5es%20livres%20de%20desmatamento