Já ouviu falar em MSA?

Meat Standards Australia (MSA) é um ativo valioso para a Indústria de carne bovina australiana, oferecendo oportunidades de diferenciar produto no mercado.


Ao contrário da indústria existente, a MSA prevê com precisão a qualidade de cada tipo de músculo. A complexa série de fatores que resultam na ingestão de uma refeição de carne de qualidade são levadas em conta no processo de produção e classificação do MSA. Isso resolve os antigos problemas do consumidor de selecionar carne bovina e escolhendo um método de cozimento apropriado.

Os rótulos da MSA fornecem uma garantia ao consumidor de comer qualidade, associado ao método de cozimento, em três níveis: MSA 3 (Good Everyday Quality), 4 (Premium Quality) e 5 (Supreme Quality).

Isso é tudo que o consumidor precisa saber para comprar e preparar sua carne com confiança. A aplicação do sistema pode fornecer uma nova dinâmica com foco no consumidor e impulsionar mudanças positivas nos sistemas de negociação da indústria de carne bovina. No varejo, a descrição por qualidade final pode ser ligada ao preço e substituir o complexo e frequentemente enganoso sistema de nomes e quantidade de descrições de cortes agora usadas.

Já ouviu falar em MSA?

Relacionar os resultados da classificação MSA ao preço ao longo da cadeia de produção, pode incentivar e recompensar sistemas de produção que auxiliam na melhoria do consumo e melhor aceitação de carne bovina. Substituir notas de qualidade variável por qualidade alimentar mais precisa pode apoiar programas de carne bovina de marca e fornecer base para uma melhor demanda, inclusive com mudança nos preço e volume.


Como a MSA começou?

A MSA começou como um programa da indústria em 1996, com uma pesquisa detalhada do consumidor, investigando os motivos da redução no consumo de carne bovina.

Pontos chave

• A MSA elimina a necessidade de os consumidores serem especialistas ou conhecedores de carne bovina.

• Os rótulos de varejo da MSA aconselham o método de cozimento correto para cada pedaço de carne para garantir o melhor resultado de qualidade alimentar.

• O produto da MSA deve atender aos padrões definidos em um dos três níveis de qualidade: MSA 3, MSA 4 ou MSA 5.

• MSA envolve todos os setores da cadeia de produção de carne bovina, do pasto ao prato.

• A MSA fornece um feedback detalhado sobre a qualidade da alimentação para o processador, o terminador e o produtor.

Fonte: Meat Standards Australia beef information kit.

E ai, TCLovers? Vamos fazer o nosso MSA versão Brasil? PCB – Padrão de Carne Brasileira - para facilitar a vida do consumidor e melhorar a vida de todos os envolvidos na cadeia da carne bovina!

Infelizmente o mercado da carne ainda é dotado de muito ego e jogos de interesse, no qual aquele que sabe mais muitas vezes não está disposto a tornar simples a vida de quem sabe menos... Isso muitas vezes contribui para uma disputa desleal da atenção do consumidor mais leigo, que fica vendido na situação e acaba comprando algo que não precisava.

Ainda bem que o TC só se depara com gente boa pelo caminho e que quer transformar esta realidade no Brasil! Está comigo? Vamos usar o exemplo dos nossos amigos australianos e mostrar ao consumidor o melhor jeito de comer carne?

Compartilha agora para demonstrar que está no time dos que lutam por uma cadeia mais justa, com um consumo de carne mais consciente e eficiente!