Duas fazendas de gado brasileiras estão entre as mais sustentáveis do mundo

Ranking conta com 28 iniciativas, sendo dez norte americanas, três da índia, três do Reino Unido e duas brasileiras.


A “Food Tank - Think For Food”, instituição internacional sem fins lucrativos, dedicada a construção de uma comunidade global sustentável, divulgou na semana passada uma lista com os “28 projetos mais inovadores de pecuária no mundo” que estão moldando o futuro da proteína animal (leite, carne e derivados). Dentre esses, duas iniciativas brasileiras e que fazem parte do “PPN&R” - Projeto Pecuária Neutra e Regenerativa.            

Entre os maiores méritos dessas fazendas brasileiras estão: a neutralização de toda a emissão de carbono da porteira para dentro da fazenda, retirando da atmosfera 27.000 toneladas de carbono, durante os 14 anos, em uma área de 400 ha; além de multiplicar a receita liquida por 3 vezes quando comparada com a média nacional, respectivamente de R$ 350, (média nacional, fonte: CEPEA/Esalq/USP) para R$1.100, ha/ano (média do projeto).

Duas fazendas de gado brasileiras estão entre as mais sustentáveis do Mundo

Dentre esses, aparecem 4 ícones mundiais: Brown’s Ranch (United States): Gabe Brown, Polyface Farm (United States): Joel Salatin, Savory Institute (Zimbabwe): Allan Savory e o White Oak Pastures (United States): Will Harris.

Abaixo segue um pouco da história e mais serviços ambientais adicionais relatados nas fazendas brasileiras:                                                                                                            

-Ecofarms de Bruno Andrade

A Ecofarms é operada por Andrade, um dos três fazendeiros que criaram o “PPN&R” (Projeto Pecuária Neutra e Regenerativa) no ano de 2016 para promover a produção de gado neutro em gases de efeito estufa. Ele é da quarta geração de fazendeiros em sua família, responsável por mudar o modelo para uma produção pecuária mais sustentável. Mais de 40% de sua propriedade é dedicada a florestas nativas além de fazerem plantios anuais de árvores. A carne é comercializada sob a marca Gran Beef e é certificada pela Rainforest Alliance e Pecuária Neutra. Um conjunto de padrões sustentáveis em pecuária e bem-estar animal que a tornam um exemplo a ser seguido. Segundo Andrade, o trabalho no “PPN&R”, o ajudou a alcançar seu objetivo de exportar sua produção de carne brasileira para Europa, onde produtos com selo ambiental são muito procurados.     

-Fazenda Triqueda de Regina Mª Gama Oliveira e Leonardo Resende

Resende opera a Fazenda Triqueda em Minas Gerais, onde cria gado integrando conceitos de pecuária regenerativa com florestas renováveis em sistema silvipastoril. Resende também é co-fundador do “PPN&R” que, segundo ele, essa iniciativa tem o foco em desenvolver uma pecuária tropical com elevada resiliência climática, começando pelo sequestro adicional de carbono no solo, compensando as emissões de gases de efeito estufa do gado, preservando a água e o solo. No ano de 2019, a Fazenda Triqueda passou a integrar o seleto grupo Savory hub, ou seja, ela é um centro de pesquisa e transmissão de conhecimentos voltados a pecuária regenerativa, integrando uma rede global em conjunto com outros 30 Savory hubs.

Hoje o “PPN&R” conta com mais 2 fazendas, a Fazenda Real de Elesier Lima Gonçalves que cria gado Brangus e planta florestas renováveis em Sistema Agroflorestal, e a Ah Pashto de Filippo Leta, sendo esse o último membro a integrar esse projeto e que veio com uma missão especial, fortalecer os ensinamentos e as práticas do manejo holístico (ou pecuária regenerativa). Para isso Leta emergiu outras experiências de pecuária sustentável na América do Sul, Estados Unidos e África, tendo nesse processo se tornado representante brasileiro do Savory Institute, que tem como missão: “a regeneração em larga escala das pastagens do mundo por meio do Gerenciamento Holístico, abordando as questões globais de desertificação, mudança climática e insegurança em alimentos e água”.

O Território da Carne teve a oportunidade de visitar a Fazenda Bugre e comprovou a eficácia dos processos e a qualidade da carne ali produzida.